Dor e comoção no sepultamento do jovem Caio Aragão

0
15274

Caio Oliveira Aragão de 18 anos, filho de Agnailde Oliveira e Josias Aragão, tratava-se de uma incansável luta contra Leucemia (câncer que afetam as células brancas do sangue e se desenvolve na medula óssea), desde os seus 3 primeiros anos de vida.

Ao longo desses 15 anos, o jovem sempre se mostrou determinado a lutar contra o problema de saúde e superar a condição, mas acabou falecendo na madrugada de quarta-feira (26), na cidade do Recife (Capital Pernambucana), onde fazia um transplante de medula. O Jovem não resistiu ao tratamento e veio a óbito durante o procedimento. As homenagens na página pessoal de Caio Oliveira no Facebook, começaram minutos após a morte.

O velório aconteceu na casa dos familiares no Bairro Bela Vista, logo após o corpo foi levado para a Igreja Assembleia de Deus (localizada na Avenida Raul Alves), seguido por diversos familiares e amigos.

O sepultamento de Caio aconteceu no final da tarde desta sexta-feira (28). Uma multidão de pessoas acompanhou todo o cortejo.

Parentes, amigos, autoridades, populares e familiares de outras cidades estiveram presentes ao sepultamento, o qual aconteceu em meio às lágrimas e saudações de despedidas ao jovem. Faixas, cartazes e “buzinaço”, foram uma singela homenagem para aquele que deixou um legado de carinho, amizade, respeito, amor e a perseverança de lutar pela vida. O corpo de Caio foi sepultado no Cemitério Municipal Jardim da Saudade.

Por: Gabriel Filliph do Sento Sé Notícias – Fotos e Vídeo: Tony Lopes.

Clique na imagem para ampliar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui