Reunião do Núcleo Regional de Saúde-Norte discute melhorias na saúde Sento Sé e Região

0
169

Aconteceu na última sexta-feira (12) no auditório do Núcleo Regional de saúde-Norte uma reunião extraordinária da Comissão Inter-Gestores da Regional onde estiveram presentes os 10 municípios que compõem a Região Norte: Pilão Arcado, Remanso, Casa Nova, Sobradinho, Campo Alegre de Lourdes, Juazeiro, Sento-Sé, Curaçá, Uauá e Canudos. Na oportunidade foram discutidos dois assuntos de suma importância para a região: A contratação de uma clínica com sede em Juazeiro e condições de acolhimento de toda a demanda com relação ao Glaucoma. A Clínica aprovada por unanimidade foi a CLIOFT que tem vasta experiência com mais de dez anos de serviços prestados ao SUS, a clínica fez a exposição de todo seu equipamento, pessoal estando apta para acompanhar os pacientes portadores de glaucoma que afeta grande parte de nossa regiã cerca de trinta mil pessoas necessitando de um acompanhamento permanente e o recebimento grátis dos seus colírios, em breve a clínica estará prestando seus serviços tanto na sede da Clínica quanto nos municípios.

O coordenador do núcleo Regional de Saúde-Norte Pedro Alcântara orienta “Avançamos muito na questão do glaucoma que é uma doença irreversível e leva a cegueira. Portanto, Srs. Secretários de saúde, é de suma importância cadastrar os portadores (as) de glaucoma de seus respectivos municípios para que estas pessoas não tenham consequências mais graves que é a cegueira através do glaucoma”.

CÂNCER DE MAMA

Uma outra questão discutida foi o rastreamento do câncer de mama, segundo Pedro Alcântara “a coordenadoria já dispõe de uma tabela da permanência de tantos quantos dias forem necessários de carretas para o rastreamento do Câncer de mama. Sabemos da importância e da utilidade dos serviços do Instituto Ivete Sangalo na região, mas o Governo da Bahia tem esta programação para o estado e nossa região não poderia ficar de fora no rastreamento dessa doença que ainda ceifa a vida de muitas mulheres. Portanto este rastreamento será feito em mulheres com idade de 50 a 69 anos, as carretas ficarão no município de acordo com o calendário programado previamente e que poderá haver modificações de acordo com a questão geográfica e do município. Elas deverão chegar no fim de junho ou julho começando assim o rastreamento em nossa região, portanto, é importante curar o tumor na fase inicial da mama pois evita a sua progressão, podendo levar a óbito. Vamos fazer este trabalho com o apoio do Ministério da Saúde, e do esforço e apoio da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia através do Secretário Fábio Vilas Boas que pediu empenho nosso na divulgação deste trabalho e na efetivação do mesmo” – Finalizou Pedro Alcântara.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui