Sento Sé: Equipe visita garimpo de ametista; local deve ser regularizado para se tornar legal

0
5418

Técnicos do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) se dirigem na manhã desta terça-feira (16) para Sento Sé, no Sertão do São Francisco. A missão do grupo é avaliar a condição do garimpo de ametistas, descoberto há cerca de 20 dias na Serra da Quixaba. Depois, a etapa seguinte seria conseguir a permissão de lavra garimpeira, registro que tornaria o minério pronto para ser operado, com a formação de cooperativas dos garimpeiros.

Não há uma estimativa de prazo para obter a licença. Segundo apurou nossa redação, o minério, do jeito que está, deve ser considerado ilegal, mas apenas uma posição oficial do DNPM, que deve sair nos próximos dias, vai atestar a validade do garimpo.

Conforme o DNPM na Bahia, apenas um minério de ametista em Licínio de Almeida, no sudoeste, tem a extração autorizada no estado. No entanto, há outros garimpos de ametistas com permissão para pesquisa em vigor, caso de Brejinho das Ametistas, distrito de Caetité, também no sudoeste.

Viajaram para o local, situado na Serra da Quixaba, o superintendente do DPNM na Bahia, Raimundo Sobreira, um engenheiro de minas e um geólogo.

BN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui