Tradição dos Penitentes acaba em Sento Sé

1
2504
Foto: Reprodução

A sexta-feira Santa em Sento Sé era marcada por diversas demonstrações de religiosidade, fé, misticismo e sacrifícios como a subida da montanha e tradição dos penitentes. 

O tradicional ritual dos penitentes de Sento Sé, que durante anos manteve-se viva, chega-se ao fim. A tradição religiosa-cultural já vinha perdendo perdeu suas forças nos últimos anos. A penitência era formado por dois cordões a “Alimentadoras de almas” formados pelas mulheres e os “disciplinadores” (homens que se autoflagelar). 

Era bastante comum na noite de sexta-feira santa, os dois cordões participam da procissão que começa em frente ao cemitério municipal, na mais profunda escuridão e silêncio, percorriam ruas e avenidas, paravam em determinados pontos, chamados de estações, e terminavam na Igreja do bairro Tombador.

“SENTO SÉ, UMA CULTURA QUE MORRE.”

1 COMENTÁRIO

  1. A POPULAÇÃO DE SENTO SÉ FACE AOS GRANDES DESMANDOS POLÍTICOS DOS PREFEITOS EDNALDO DO SANTOS BARROS E JUVENILSON PASSOS DOS SANTOS ENCONTRA-SE MUITO TRISTE E DECEPCIONADA COM O TRATAMENTO DISPENSADO À SENTO-SÉ PELOS GESTORES RETRO-MENCIONADOS, A CIDADE DE SENTO SÉ CADA VEZ MAIS ENCONTRA-SE NUMA SITUAÇÃO DE PENÚRIA, RUAS ESBURACADAS, GRANDE NÚMERO DE RUAS SEM CALÇAMENTO, FALTA DE ÁGUA, ESGOTOS A CÉU ABERTO, ILUMINAÇÃO MUITO PRECÁRIA, CIDADE SEM O POLICIAMENTO ADEQUADO, PRESENÇA DE ELEMENTOS ESTRANHOS NA CIDADE, DEIXANDO TODA A POPULAÇÃO ATÔNITA E PERPLEXA COM MEDO DE ROUBOS, ASSALTOS E ASSASSINATOS. A MAIORIA DA POPULAÇÃO ESTÁ AFIRMANDO QUE VAI SAIR DE SENTO SÉ QUE NÃO VALE A PENA PASSAR POR GRANDE VEXAMES E OS PREFEITOS QUE NADA FAZEM A NÃO SER DESVIAREM DINHEIRO PÚBLICO NUMA FREQUENTE PRÁTICA DE CRIMES DE IMPROBIDADES ADMINISTRATIVAS NESTES ÚLTIMOS 15 (QUINZE) ANOS. PELO VISTO A CIDADE DE SENTO SÉ DEVERÁ SAIR DO MAPA E DO ESTADO DA BAHIA, GRAÇAS AOS TRABALHOS DOS PREFEITOS QUE PASSARAM E AINDA CONTINUAM EM SENTO SÉ.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui