Conjunto Eólico finaliza campanhas de Monitoramento de Fauna em Sento Sé e Umburanas

0
59

As Campanhas de Monitoramento de Fauna da fase de implantação do Conjunto Eólico de Campo Largo 2, em construção pela ENGIE Brasil Energia nos municípios de Umburanas e Sento Sé, na Bahia, foram finalizadas no último mês de maio. O trabalho, realizado trimestralmente desde agosto de 2019, garantiu a análise e levantamento dos principais grupos da fauna local – aves, répteis, anfíbios e mamíferos.

Com base nos resultados do diagnóstico ambiental, realizado na fase anterior à implantação do Conjunto Eólico, as sete campanhas realizadas priorizaram espécies raras, ameaçadas e vulneráveis à extinção.

De acordo com o gerente de Projetos da ENGIE, Giuliano Pasquali durante o monitoramento foram avaliadas as condições de adaptação das espécies e as eventuais alterações comportamentais, devido às mudanças ambientais decorrentes da implantação do empreendimento. “Os resultados obtidos integram as condicionantes da Licença de Alteração (LA), possibilitam ampliar a base de informações e conhecimento acerca da fauna local e contribuem para a aplicação de medidas preventivas de manejo, buscando a conservação das espécies e a manutenção da biodiversidade”, destaca Pasquali.

À frente das atividades, uma equipe de especialistas, formada por veterinários e biólogos com experiência em animais silvestres, desenvolveu de forma planejada todo o trabalho. Além do registro, marcação e acompanhamento dos animais, a atividade contemplou a análise de dados, sempre buscando preservar a integridade física e o bem-estar futuro dos animais.

O monitoramento identificou mais de 7 mil animais de 284espécies diferentes, sendo a maioria formada por aves, 38% dos animais, seguidas pelos mamíferos (30%), répteis (25%) e anfíbios (5%). Dentre os animais catalogados, destaque para as serpentes peçonhentas (Cascavel, Jararaca e Coral), o pica-pau-de-topete-vermelho e a Jaritataca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui